Ucrânia – Animais de Companhia

 

A APMVEAC pretende esclarecer os procedimentos legais a adotar perante a entrada de animais de companhia (cães e gatos) provenientes da Ucrânia, ao abrigo das condições excecionais criadas pelas autoridades competentes, nomeadamente a Direção Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV).

1 – Ao chegar a Portugal, todos os detentores de animais provenientes da Ucrânia devem contactar os Serviços Regionais da DGAV (contactos) ou os Médicos Veterinários Municipais locais.

2 – Os serviços da DGAV irão dirigir os tutores para os Médicos Veterinários Municipais mais próximos da morada em Portugal para proceder aos atos veterinários necessários, que poderão incluir (não exclusivamente) verificação de documentação, verificação de vacinação contra a Raiva, identificação com microchip, emissão de boletim sanitário, vacinação contra a Raiva e/ou colheita de sangue para titulação de anticorpos antirrábicos.

3 – Se o Médico Veterinário Municipal tiver necessidade, poderá solicitar a colaboração de um Centro de Atendimento Médico Veterinário (CAMV), nomeadamente para colheita e processamento da amostra para titulação de anticorpos antirrábicos.

4 – Os animais ficam sujeitos a quarentena domiciliária obrigatória de 3 meses após a colheita de amostra para titulação de anticorpos, de acordo com decisão da DGAV para cada caso.

5 – Estes serviços são totalmente suportados pelas autoridades oficiais, podendo os serviços do CAMV serem sujeitos a pagamento ou efetuados pro bono.

6 – A amostra para a titulação de anticorpos da raiva é soro (1 ml em tubo seco). Solicitamos a colaboração dos Colegas Associados e CAMVAA, para prestarem apoio aos colegas Médicos Veterinários Municipais que não disponham de condições técnicas para a realização desta colheita e processamento da amostra.

Mais informações, nomeadamente em diferentes línguas, no Portal online da DGAV (Portal)

Informação de Recursos Vets for Ukraine no site da FECAVA

 

Programa Vets for Ukraine Pets!

A APMVEAC como representante da Federação de Veterinários da Europa (FVE) e a Federação Europeia de Associações de Veterinários de Animais de Companhia (FECAVA), através do apoio da Humane Society International (HSI) e seus associados, orgulham-se de lançar o programa “Vets for Ukraine Pets”.

Este programa permitirá que os médicos veterinários de 38 países, incluindo Portugal, obtenham o reembolso pelos tratamentos veterinários efetuados a animais de companhia de refugiados vindos da Ucrânia. Desta forma os médicos veterinários poderão realizar tratamentos gratuitos a estes pacientes.

Como Funciona?

Se um médico veterinário tratar um animal de um refugiado, pode preencher um formulário a solicitar o reembolso da despesa.

O programa Vets for Ukrainian Pets cubrirá os custos do tratamento até 5 cães, gatos, cavalos e outros animais de companhia (por veterinário), com um valor máximo de 250 euros por animal, por exemplo em cuidados urgentes, patologias crónicas e medicação. Mais informações sobre como proceder estão disponíveis aqui e os termos e condições estão disponíveis aqui.

Para obter o reembolso, os médicos veterinários deverão preencher o formulário que se encontra aqui a solicitar o mesmo.

O código para completar o formulário deverá ser solicitado pelos Médicos Veterinários Associados à APMVEAC através do email: [email protected].

O reembolso será posteriormente realizado pela HSI em cerca de 4 a 8 semanas. 

Um Programa Único

A FECAVA, FVE, HSI e associados nunca tinham feito algo assim.

Este programa pode permitir que sejam efetuados tratamentos veterinários gratuitos aos animais de companhia dos refugiados. Juntos poderemos fazer com que esta iniciativa seja um grande sucesso!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *